• Jill Muricy

O Grande SONHO

Quando se tem sonho, não é qualquer coisa que preenche o nosso coração: somente aquilo que sonhamos. Os sonhos alimentam nossa alma. Dão alegria aos nossos dias. Não adianta fugir daquilo que nossa vida almeja, pois nada mais tem a capacidade de nos tornar felizes, como aquilo que temos dentro de nós mesmos: nossos SONHOS.


Podemos então alcançar coisas EXTRAORDINÁRIAS, aquilo que nunca imaginamos para nós, mas isso tem de estar de acordo com a nossa paz interior. Senão, nada vai adiantar conquistar as coisas, se elas não nos deixam radiantes. Chega um tempo na nossa trajetória que abrimos mão dos mais elevados cargos para correr atrás dos nossos simples sonhos.

Eleida de Gois

A goiana Eleida de Gois é apaixonada por jornalismo desde a infância. Filha do renomado jornalista Walder de Góes, é caçula de quatro irmãos. Quando criança, ainda em Goiânia, adorava brincar na rua, subir nas árvores, viajar para o interior. Era uma garota feliz e cheia de vitalidade.


Sua família mudou-se para o Rio de Janeiro quando Eleida tinha oito anos. Encantada pela leitura, ela dava sinal de que seria uma grande comunicadora. Ao terminar o Ensino Médio, entrou na faculdade de jornalismo. No primeiro semestre do curso foi fazer intercâmbio na Virgí­nia, Estados Unidos.


Ao retornar ao Brasil foi estagiar na TV Bandeirantes; logo depois foi efetivada e começou a trabalhar no jornal de esporte, passando a ser coordenadora do telejornal.


Porém, tinha o sonho de voltar para os Estados Unidos. Pediu demissão da emissora e foi morar em Nova York. Aproveitou a oportunidade para aprofundar-se no inglês. Logo depois, começou a trabalhar na parte técnica de uma emissora japonesa.


Eleida estava muito bem na cidade americana: dava sempre o melhor de si na profissão. Meses depois, casou-se com um brasileiro que morava lá, e tudo ia andando muito bem.


Após cinco anos morando no exterior, ela pediu demissão do emprego e voltou para o Brasil sem o marido; ficou mantendo o casamento à distância, que logo chegou ao fim.


Era início da década de 90: ela foi viver em Brasí­lia para trabalhar com o pai, consultor polí­tico na época, e cobrir polí­tica. Um ano depois voltou ao Rio e começou a trabalhar como produtora e tradutora em um jornal de Chicago, com filial no Rio de Janeiro; chegou a ganhar um prêmio internacional com uma matéria feita em Vigário Geral, Zona Norte da cidade.

Eleida nos bastidores de um telejornal


Eleida, com sua vasta experiência em comunicação, além de muita dedicação, passou por todas as emissoras de TV do Rio de Janeiro: Band, SBT, Record, Globo News e TV Globo.


Mesmo ocupando elevados cargos nas emissoras, a jornalista não se sentia profissionalmente completa. Sempre faltava algo dentro de si para deixá-la feliz de verdade. Sem contar o desafio de conciliar a maternidade com a profissão, pois se casara de novo e tinha um bebê para cuidar; além das responsabilidades do emprego.


Nunca foi demitida em nenhum emprego, pedia para sair quando achava que devia parar. Decidiu encerrar a carreira nas emissoras e trabalhar para si mesma, passando o conhecimento adquirido em anos de profissão para quem estava chegando no mercado da comunicação.


No ano 2000, Eleida resolveu trabalhar com algo que amava, e sempre fora seu maior sonho: ser empreendedora no seu próprio negócio. Abriu uma empresa de curso em telejornalismo. Deu certo no iní­cio, convidava colegas jornalistas para palestrar nas oficinas, as coisas estavam fluindo.


Mas com o passar do tempo foi diminuindo a quantidade de alunos, ela foi desanimando aos poucos e fechou a empresa.

Eleida ministrando curso de Telejornalismo

Nessa época fazia alguns freelancers para cobrir férias de colegas, mas nada efetivo. Entre as idas e vindas da profissão, Eleida resolveu mais uma vez voltar com sua empresa de curso, porém dessa vez com mais PERSISTÊNCIA, SEGURANÇA, MATURIDADE, e com um grande diferencial: viajar o paí­s inteiro ministrando curso, além de dar aulas online para profissionais de outras áreas.


Há três anos o Curso de Telejornalismo Eleida Góis é um sucesso no Brasil e principalmente no Rio de Janeiro: o SUCESSO chegou na hora certa. Após desanimar muitas vezes, se questionar se era aquilo mesmo, finalmente obteve êxito nos negócios.

Eleida e os filhos Julia e João

Hoje Eleida é mãe da Julia de 14 anos e do João de 12. Além de renomada jornalista, é uma empresária bem-sucedida. Realizou os três maiores sonhos da vida: ser jornalista, mãe e empreendedora.


Os sonhos são para aqueles que não têm medo de sonhar, até porque os SONHOS existem para serem realizados. Não tenha medo de lutar por eles.















Destaque
Tags