• Jill Muricy

No DIA que NASCI

Era quarta-feira,penúltimo dia do verão de 1986. O dia 19 de março que marcou a História. Na região do sisal uma adolescente de 18 anos, a mulher mais linda do Sertão, minha mãe, estava sentido algumas contrações, que anunciavam minha chegada ao Mundo. Ela ainda não sabia o meu sexo, só após o meu nascimento.

Todos da minha FAMÍLIA estavam se arrumando para irem ao casamento do século: o casamento da minha trisavó, que aos 78 anos, estava se casando com o grande AMOR da VIDA dela.


Sem dizer a ninguém que estava sentindo sinais da minha chegada, minha mãe não se arrumou para ir ao casamento da bisa dela...

Minha trisavó, era uma mulher muito simples, da roça, se casara cedo com meu trisavô. Muito antes dos dois se conheceram, ela namorou um rapaz, que foi o grande amor da VIDA dela, ambos se AMAVAM, mas o namoro não chegou a um noivado.

Ao terminarem a relação ela disse para o rapaz: ”Eu não vou me casar com você, mas meu primeiro filho terá o seu nome em sua homenagem...”


O TEMPO como sempre passou, ela encontrou meu trisavô e se casou com ele, meses depois ficou grávida e deu à luz minha bisavó. E, deu-lhe o nome do ex-namorado: aquele que foi o seu grande AMOR.


Meus trisavós construíram uma belíssima FAMÍLIA. Eles tiveram vários filhos, netos e bisnetos e, depois dessa importante construção, meu trisavô faleceu.

Na mesma época aquele ex-namorado da minha trisavó também havia ficado viúvo, e ele entrou contato com ela, há muito TEMPO os dois não se viam.


Pois é, somente o TEMPO pode explicar um grande AMOR: Minha trisavô começou a namorar o ex-namorado dela após 60 anos do término daquele namoro da adolescência. Meses depois, se casaram na igreja e no dia de São José, na capela daquele lugarejo simples onde moravam.


Minha FAMÍLIA conta, que ela estava linda vestida de noiva aos 78 anos. Este casamento secular aconteceu do dia do meu nascimento. A quinta geração daquela brava mulher estava nascendo e ela estava no altar se casando.


No hospital, à tarde, naquele dia 19, às 18 horas, eu cheguei a este Mundo. Nasci no chão do banheiro. Quando abri os olhos, todos ficaram impressionados com a minha BELEZA. Meus olhos azuis na minha pele negra, encantaram a todos.

Sou extremamente FELIZ com os acontecimentos que marcaram meu nascimento, sou agradecida por ser quem eu sou, desde sempre minha História é marcada pelo AMOR. Pois eu NASCI bem no dia que um grande AMOR se CONCRETIZOU.


Destaque
Tags